quarta-feira, 27 de maio de 2009

Servidão e liberdade do corpo na modernidade

Fiquei sabendo de uma palestra de filosofia que vai rolar ali pelos lados de Perdizes/Pompéia. O cara é fera (além de muito sagaz e inteligente ele é um charme).

O tema da palestra é "Servidão e liberdade do corpo na modernidade", por Amauri Ferreira (amauri@escolanomade.org) e será realizada na próxima sexta-feira (29/05), às 20h, no auditório do Instituto Sedes Sapientiae (Rua Ministro Godoy, 1484, Perdizes, São Paulo).

Mais detalhes no cartaz abaixo.

Departamento Reichiano do Instituto Sedes Sapientiae.


Evento gratuito.


Confirmar presença: 3866 2730 (sedes@sedes.org.br).





segunda-feira, 18 de maio de 2009

Teatro do SESI - O Bailado

Olá.
Meu amigo Tiago Mine está em cartaz com uma peça lá no Teatro do Sesi (Avenida Paulista 1313). GRÁTIS! De quinta a domingo, até 26 de Julho! Mais informações no cartaz abaixo ou com ele (tiagomine@hotmail.com).
Abraços,
Jorge



quinta-feira, 14 de maio de 2009

Av-Sticker-Art

A iniciativa é uma das mais brilhantes que vi. O site Av-Sticker-Art, com visual clean, não concorre "visualmente" com o seu objeto principal. Ponto muito positivo.

Entendo que a formatação do texto precisa ser melhorada e, claro, sempre cabe reescrever alguns trechos.

Creio que o "Manifesto Av-Sticker-Art" precisa ter um pouco mais de profundidade, um pouco mais de histórico, um pouco mais de conceitos e, se possível, referências (nomes de pioneiros).

Opino que seja muito importante que o site não faça apologia à poluição visual das cidades e que também desestimule o vandalismo puro.

É importante que se proponha que as intervenções busquem um sentido dentro da "arte" e não se configure meramente com a destruição do bem comum (ou do bem privado).

É evidente que a arte não deve explicações e que as manifestações de pensamento não carecem de autorização prévia, posto que as descaracterizariam.

Mas no meio social, na sociedade de todos, mundial e acolhedora de todas as vertentes, todos são igualmente chamados a proteger o bem comum, os monumentos históricos, a natureza, a infância, de maneira que todos devem ter um papel responsável frente aos outros (caso contrário, se estaria criando categorias de pessoas nas quais umas têm mais direitos que as outras).

Parabéns aos idealizadores e bom trabalho (pois há muito para ser feito).

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Meu Bixiga - exposição de fotos


Neste domingo teremos uma atividade para lá de especial: uma exposição de fotos do Bixiga. Uma das fotos é do nosso querido Juan. Estaremos lá um pouco antes, para aproveitarmos a apresentação musical que começará às 11 horas. Depois, almoçaremos juntos ali pelo bairro mesmo.
Abração,
Jorge


terça-feira, 5 de maio de 2009

Vasculhando gavetas

Vasculhando gavetas, encontrei este texto, que me foi enviado pela querida Liu:

20 Regras de Vida

1. Faça pausas de 10 minutos a cada 2 horas, no máximo. Pense em você, analisando tuas atitudes.
2. Aprenda a dizer NÃO sem se sentir culpado ou achar que magoou. Querer AGRADAR a todos é apenas um desgaste enorme.
3. Planeje teu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de você.
4. Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez.
5. Esqueça, de uma vez por todas, que você é imprescindível. No trabalho, em casa, no grupo habitual. Por mais que isso te desagrade, tudo anda sem tua atuação, a não ser você mesmo.
6. Abra mão de ser o responsável pelo prazer dos outros.
7. Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas.
8. Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os, porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.
9. Tente descobrir o prazer de fatos cotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que é o máximo a se conseguir na vida.
10. Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias.
11. Família não é você. Está junto de você, compõe o teu mundo, mas não é a tua própria identidade.
12. Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso.
13. É preciso ter sempre alguém por perto em que se possa confiar e falar abertamente.
14. Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar a roda. Nunca perca [a oportunidade] de uma saída discreta.
15. Não queira saber se falaram mal de você e nem se atormente com isso; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento.
16. Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois é ótimo... para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.
17. A rigidez é boa na pedra, não no ser humano. Ao ser humano cabe firmeza.
18. Uma hora de intenso prazer, substitui com folga 3 horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono. Logo, não perca uma oportunidade de divertir-se.
19. Não abandone suas três grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência e a fé.
20. Entenda de uma vez por todas e definitivamente: você é o que você faz... (e não o que você fala ...).
Teses do pensador russo George Gurdjieff [adaptado]