segunda-feira, 26 de março de 2007

Apresentação

Olá. Isto é um blogue.
Mas é também minha página de publicidade!
Aqui, convido todos a requisitar os meus serviços. E que tipo de serviço? Serviços de Consultoria em Textos. Faço revisão de texto. Também faço redação e dou orientação.
Creio que posso colaborar em todas as fases da produção de texto, pois é algo que estou fazendo há alguns anos, desde que terminei o bacharelado em Letras (Português) pela Universidade de São Paulo (pela qual, aliás, também sou Licenciado). Minha experiência tem sido maior em relação a teses e dissertações (já colaborei em mais de 50 trabalhos deste tipo). Também já atuei com artigos científicos, monografias de especialização, trabalhos de conclusão de curso, livros, capítulos de livros, revisão de traduções, textos publicitários, manuais. E por ai vai. Texto científico, texto em poesia, texto acadêmico.
Para contratar os meus serviços, por favor, utilize o seguinte endereço eletrônico: joralima@usp.br. Para enviar algum material, utilize o seguinte endereço: joralima@gmail.com. Caso precise falar comigo, ligue para (11) 3266 9405.
Abaixo, para não perder a oportunidade de compartilhar algo bonito (e não ser apenas mais um venal entre os venais), compartilho o texto de uma música que conheci com Mercedes Sosa, uma cantora argentina que empresta emoção às músicas que canta:
Un Vestido Y Un Amor (Te Vi)
Fito Paez
Te vi... contabas margaritas del mantel
Ya se que te trate bastante mal,
no se si eras un angel o un rubi
O simplemente te vi.
Te vi, saliste entre la gente a saludar
Los astros salieron otra vez,
la llave de mandala se quebro
O simplemente te vi.
Todo lo que diga esta de mas,
las luces siempre encienden en el alma
y cuando me pierdo en la ciudad,
tu ya sabras comprender
Solo un rato no mas,
tendria que llorar o salir a matar.
Te vi, te vi, te vi...
Yo no buscaba nadie y te vi.
Te vi... fumabas unos chinos en Madrid
Yo se que hay cosas que te ayudan a vivir
no hacias otra cosa que escribir
Y yo simplemente te vi.
Me fui... me voy, de vez en cuando a algun lugar
A nadie le hace gracia este pais...
Tenias un vestido y un amor...
yo simplemente te vi.
Todo lo que diga esta de mas,
las luces siempre encienden en el alma
y cuando me pierdo en la ciudad,
tu ya sabes comprender...
solo un rato no mas,
tendria que llorar o salir a matar...
Te vi, te vi, te vi...
Yo no buscaba nadie y te vi.
Seja bem-vindo!
Muito obrigado.
Jorge de Lima.

Um comentário:

Bofiscândalo disse...

ola como vai? valeu pela visita em meu bog, vi que curtimos a mesma música mas eu nunca ouvi com a Mercedes Sosa, so ouvi com Caetano, quem sabe no futuro nao ouça...abção, boa sort no seu blog